Instructions for Contributors

 1. The Brazilian Journal of Political Economy publishes articles or papers, small papers, review articles, notes and comments, as well as documents that are in accordance with its Editorial Policies. The Journal does not commission papers, but only publishes papers that are within its field of interest. If they are accepted in this first examination, they shall be peer reviewed and, once approved, shall be published basically according to the order of approval.

2. The papers should contain a reasonably original economic reasoning and a proper reference to the literature on the subject. Papers that fail to mention the Brazilian and Latin-American authors who have relevantly discussed the subject shall not be accepted. Papers with complex mathematical models resulting from the use of the hypothetical-deductive method are of no interest to the Journal.

3. The Journal publishes original papers, in Portuguese or, preferably, in English. The submission of a paper to the Journal should imply that it has not been previously published and is not being considered for another publication. However, the simultaneous publication of a paper in the Journal and in another one, in different languages, is allowed.

4. Once a paper in Portuguese is approved for publication, the author shall have the option of translating it into English. Both versions shall be published. The English version shall appear in the printed Journal, whereas the Portuguese version shall be published only in the Journal's electronic version.

5. Papers should not exceed 52,000 characters with spaces, including references, tables, graphs and footnotes. Their title should be short. Papers should include an abstract with no more than 100 words, keywords, JEL classification, and a lead-in to the article of 20 words at most. Review articles may have up to 62,000 characters, spaces included. Tables should be in Word format, small (just the essential figures) and limited in number. The number of graphs should also be limited. All equations must be compiled using the equations tool of the Word program. The Journal's Office shall not accept articles that do not comply with those requirements.

6. Econometric papers relating certain results to certain causes shall be accepted, but, unless they also include the development of an original theory, they should be sent in two versions: one, to be published in the print edition, with 30,000 characters at most; only the issue or issues proposed and the econometric conclusions should be included in this version. The second version, to be published in the digital edition, should be complete, with accurate documentation on the details of the method employed, the econometric tables, and the data used in the analyses; it should also inform the software version and the routines used. Details of the calculations should be sufficient to enable replication by other researchers.

7. Review articles consist of a reasonably complete and updated bibliographic review of a certain subject. Small papers should not exceed 10 pages, should be brief, and include a theoretical model. Both are particularly welcome and shall have priority in the publication. Comments are critical analyses of articles published in the Journal; if they are accepted, the author of the commented paper shall be entitled to a reply in the same issue; both the comment and the reply shall not exceed 15,000 characters.

8. Quoted papers may be identified in the text or in a footnote. When the quoted text is not the text of the original edition, the date of the original text should appear in the text of the paper; this date should be repeated in the reference, in parentheses, followed by the date of the edition used, in brackets. When phrases are quoted, the page should always be indicated; quotations and references of journal articles should always indicate the volume, the issue, and the number of the initial and final pages of the article. At the end of the article, the reference should be limited to the quoted papers and should obey the following format:

Marx, Karl (1867 [1968]) O Capital – Livro I. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira.

Rangel, Ignácio M. (1981) “A história da dualidade brasileira”, Revista de Economia Política, 1(4): 5-34.

9. Articles shall only be submitted to the referees of the Editorial Board as long as they comply with the requirements above and deal with a subject specified in the Editorial Policies.

10. The Journal does not charge for submissions. The submission of a paper implies its authorization for publication in the Journal. No copyrights shall be paid.

Submissions:

Manuscripts according to Instruction for Contributors, in word format, shall be submitted at http://www.scielo.br/rep.

 

Annual Subscription:

Brazil:

  • R$ 100,00 for individuals;
  • R$ 190,00 for institutions.

Outside Brazil:

  • US$ 65.00 for individuals;
  • US$ 190.00 for institutions.

Subscriptions, renewals or back issues shall be requested to:
Centro de Economia Política: site www.bjpe.org.br; e-mail luis.prestes@bjpe.org.br; mail: Rua Araripina 106, 05603-030 São Paulo, Brasil; or by phone/ (55 11) 3816-6020.

Instruções para os Colaboradores

1. A Brazilian Journal of Political Economy publica artigos ou papers, pequenos papers, artigos-resenha, notas e comentários, bem como os documentos que estão em conformidade com a sua política editorial. A Revista não solicita trabalhos, mas apenas publica artigos que estão dentro de sua área de interesse. Se o trabalho é aceito neste primeiro exame, deverá ser avaliado por pares e, uma vez aprovado, será publicado, basicamente, de acordo com a ordem de aprovação pelo Conselho.

2. Os trabalhos devem conter argumentação econômica razoavelmente original e competente referência à literatura sobre o tema. Os trabalhos que deixarem de mencionar autores brasileiros ou latino-americanos com trabalhos relevantes na discussão do assunto não serão aceitos. Papers com modelos matemáticos complexos decorrentes do uso do método hipotético-dedutivo não interessam à Revista.

3. A Revista publica trabalhos originais, em português ou, preferencialmente, em inglês. A submissão de um trabalho implica que não tenha sido previamente publicado ou que se encontra em processo de submissão em outra publicação. Entretanto, é permitida a publicação simultânea na Revista e em outra publicação desde que em idiomas diferentes.

4. Uma vez que um artigo em português tenha sido aprovado para publicação, o autor terá a opção de traduzi-lo para o inglês. As duas versões serão publicadas. A versão em inglês aparecerá na versão impressa da Revista, e a versão em português aparecerá apenas na versão digital da revista.

5. Os papers não devem exceder 52.000 caracteres com espaço, incluindo referências, tabelas, gráficos e notas de rodapé. O título dos papers deve ser conciso. Devem conter um abstract com no máximo 100 palavras, palavras-chave, classificação JEL, e uma chamada sobre o artigo de no máximo 20 palavras, também em inglês. Os artigos-resenha podem chegar a 62.000 caracteres, considerados os espaços. As tabelas devem vir em formato Word, devem ser pequenas (apenas os números essenciais) e em número limitado. Limitado também deve ser o número de gráficos. Todas as equações devem elaboradas com a ferramenta 'equações' do programa word. A Revista não aceitará artigos que não atendam esses requisitos.

6. Papers econométricos relacionando determinados resultados a determinadas causas serão aceitos, mas, a não ser que contenham adicionalmente desenvolvimento de teoria original, deverão ser enviados em duas versões: uma, para ser publicada na edição impressa, com no máximo 30.000 caracteres; apenas a questão ou questões propostas e as conclusões econométricas devem constar dessa versão. A segunda versão, para publicação na edição digital, deverá se completa, com os detalhes sobre o método empregado, os quadros econométricos e os dados usados nas análises documentados de maneira precisa; deve ainda informar a versão do software e as rotinas utilizadas. Detalhes dos cálculos devem ser suficientes para permitir replicação por outros pesquisadores.

7. Os artigos-resenha consistem em revisão bibliográfica razoavelmente completa e atualizada sobre determinado assunto. Os pequenos papers não devem exceder 10 páginas, devem ser sucintos, e conter modelo teórico. Ambos são especialmente bem-vindos e terão prioridade na publicação. Comentários são análises críticas de artigos publicados na Revista; se forem aceitos, o autor do paper comentado terá direito a uma réplica no mesmo número; tanto o comentário quanto a resposta não poderão ultrapassar 15.000 caracteres.

8. Os trabalhos citados poderão ser identificados no texto ou em nota de rodapé. Quando o texto citado não é o da edição original, a data do texto original deve aparecer no texto do trabalho, enquanto que na sua referência se repete essa data, dentro do parêntese, e, em seguida, entre colchetes se coloca a data da edição utilizada. Nas citações de frases deve haver sempre a indicação da página, nas citações e referências de artigos em revistas deve sempre aparecer o volume, o número, e a página inicial e final do artigo. No final do artigo a referência deve se limitar aos trabalhos citados e deve obedecer o seguinte formato:
Marx, Karl (1867 [1968]) O Capital – Livro I. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira.
Rangel, Ignácio M. (1981) “A história da dualidade brasileira”, Revista de Economia Política, 1(4): 5-34.

9. Os artigos serão submetidos aos pareceristas do Conselho Editorial desde que atendam aos requisitos acima e tratem de tema previsto na Orientação Editorial.

10. A Revista não cobra taxa para submissão de artigos. A submissão de um trabalho implica na sua autorização para publicação na Revista. Não serão pagos direitos autorais.

Submissão de Trabalhos:

As submissões, de acordo com Instruções para Colaboradores, devem ser efetuadas através do site http://www.scielo.br/rep.

 

Assinatura anual:

Brasil:

  • R$ 100,00 para pessoa física;
  • R$ 190,00 para pessoa jurídica.

Fora do Brasil:

  • U$ 65,00 para pessoa física;
  • U$ 190,00 para pessoa jurídica.

Assinaturas, renovações ou números atrasados devem ser solicitados para: Centro de Economia Política: site www.bjpe.org.br; e-mail luis.prestes@bjpe.org.br; correio/mail: Rua Araripina 106, 05603-030 São Paulo, Brasil; ou pelo telefone (55 11) 3816-6020.

 
     
 
     
     
 
The Brazilian Journal of Political Economy counts with the support of the following corporations:
 
   
Copyright © 2018
Revista de Economia Política - ISSN 1809-4538
Rua Araripina, 106 - 05603-030 - São Paulo - Brazil