Vol.  38,  n.o 4  (153),  Out-Dez  2018
 
Categoria ?
Crossing boundaries: an assessment to the influence of post-Keynesianism on developmental macroeconomics
Victor Cruz e Silva e Marcelo Curado

 A macroeconomia do desenvolvimento, a teoria econômica que baseia o novo desenvolvimentismo, é uma abordagem heterodoxa cujo estabelecimento foi profundamente influenciado por diversas escolas de pensamento. Entre estas, o pós-keynesianismo ocupa um lugar especial. Este ensaio pretende identificar os aspectos da macroeconomia do desenvolvimento nos quais a influência do pós-keynesianismo é mais notória. Para alcançar este propósito nos comparamos diagnósticos econômicos, objetivos sociais e prescrições de política defendidas pelos partidários destas duas escolas de pensamento econômico. Nossa conclusão é que apesar da significativa influência do pós-keynesianismo na formação da estratégia novo desenvolvimentista, existem diversos aspectos desta estratégia que devem ser compreendidos como uma contribuição original da escola desenvolvimentista brasileira.

 Developmental macroeconomics, the economic theory that grounds new developmentalism, is a heterodox approach whose establishment was deeply influenced by dissonant schools of thought. Among these, post-Keynesianism occupies a special place. This essay aims at identifying the aspects of developmental macroeconomics in which this post-Keynesian influence is more notorious. To serve this purpose, we compare the economic diagnoses, social objectives and policy prescriptions defended by the partisans of these two schools of economic thought. Our conclusion is that despite the significant influence of post-Keynesianism in the formation of the new developmentalist strategy, there are several aspects of this strategy that must be understood as an original contribution of the Brazilian developmental school.

 

 DOI 10.1590/0101-3157-2018-2827

   
Does wage reflect labor productivity? A comparison between Brazil and the United States
Alexandre Gori Maia e Arthur Sakamoto

 O trabalho compara a relação entre salários e produtividade do trabalho para diversas categorias de ocupados no Brasil e nos Estados Unidos. As análises destacam em que medida o equilíbrio entre salários e produtividade do trabalho está relacionado ao estágio de desenvolvimento econômico. Os salários nos Estados Unidos têm se mostrado mais associados à produtividade do trabalho, enquanto que o Brasil tem passado por diversos ciclos econômicos em que o rendimento cresce inicialmente muito mais rápido que a produtividade, mas cai repentinamente nos anos subsequentes. As análises também destacam como a igualdade entre os diferenciais de renda e produtividade é válida para algumas categorias, mas não para outras.

 The study compares the relationship between wages and labor productivity for different categories of workers in Brazil and in the U.S. Analyses highlight to what extent the equilibrium between wages and productivity is related to the degree of economic development. Wages in the U.S. have shown to be more attached to labor productivity, while Brazil has experienced severaleconomiccycleswhereaverageearningsgrew initially much faster than labor productivity, suddenly falling down in the subsequent years. Analyses also stress how wage differentials, in fact, match productivity differentials for certain occupational groups, while for others they do not.

 

 DOI 10.1590/0101-3157-2018-2764 

   
A crise do sistema financeiro globalizado contemporâneo: perspectivas a partir da reforma regulatória global pós-2008
Norberto Montani Martins

 O artigo analisa como a reforma regulatória implantada após a crise financeira internacional de 2008 afetou os processos estruturantes do sistema financeiro globalizado. Argumentamos que a reforma buscou re-regular os mercados financeiros, redefinir a estrutura e as bases do modelo de negócios dos bancos globais, influenciando a questão da intermediação, e limitar a capacidade de externalização do risco e de alavancagem das instituições e do sistema como um todo. Concluímos que as mudanças regulatórias, embora tímidas em alguns tópicos, influenciaram os processos estruturantes do sistema financeiro global e alteraram, menos pronunciadamente, seu modus operandi e suas bases de expansão.

 The present paper analyse show the regulatory reform that followed the 2008 international financial crisis influenced the processes that structured the contemporary global financial system. We argue that there form aimed to re-regulate financial markets, change global banking business models, and limit financial institutions’ ability to external izerisks and leverage. Our conclusions point out that regulatory changes, albeittimid in some areas, were able to influence the processes that structured the global financial system and then changed its modus operandi and possibilities for expansion.

 

 DOI 10.1590/0101-3157-2018-2758

   
Ideologia versus sociologia na política estadual brasileira
Fabiano Santos, Cristiane Batista e Steven Dutt-Ross

 O artigo se propõe a explorar possíveis determinantes da variação do gasto em saúde e educação nos estados brasileiros, no período compreendido entre 2002 e 2013, se o grau do desenvolvimento econômico dos estados, tal como defende a hipótese clássica da sociologia política, ou se configurações do arcabouço político, como ideologia dos governos estaduais e seu alinhamento com o governo federal, tal como considerado pela literatura da ciência política. Os resultados sustentam a validade das hipóteses centrais de ambas as literaturas, o que deve estimular os analistas à busca de uma teoria unificada do comportamento governamental na área social no contexto federativo brasileiro.

 The article proposes an exploration of possible determinants of the variation of health and educational spending in Brazilian states between 2002 and 2013, like the degree of economic development of the different states, as defended by the classical hypothesis of the political sociology, or configurations of the political framework, as the ideology of state governments and their alignment with the federal government, as considered by the literature of political science. The results support the validity of the central hypotheses of both literatures, which should stimulate the analysts to search for a unified theory of governmental behavior in the social area in the Brazilian federative context.

 

 DOI 10.1590/0101-3157-2018-2855

   
Dinâmica inflacionária da indústria brasileira: uma abordagem setorial (1999-2014)
Flávia Carvalho de Moraes e Silva, Carmem Feijó e Andre de Melo Modenesi

 O objetivo deste trabalho é investigar o comportamento da dinâmica inflacionária industrial brasileira no período entre 1999 e 2014 à luz das teorias de inflação de custos e da heterogeneidade setorial. Através da teoria de formação de preços pós-Keynesiana e da teoria do conflito distributivo sobre o processo inflacionário, otrabalho aponta para a importância das diferenças na estrutura de custos setoriais para a análise sobre a inflação. Estas diferenças são importantes uma vez que podem levar a reações heterogêneas frente às diferentes pressões inflacionárias. O trabalho busca preencher esta lacuna e integrar as abordagens microeconômica e macroeconômica, de modo a contribuir para o diagnóstico da inflação industrial. Realiza-se um estudo econométrico com dados em painel para estimar os efeitos do impacto de variações nos custos, nos salários, na demanda e nos preços defasados sobre as variações dos preços finais. Encontramos que, levando-se em conta a heterogeneidade setorial, os choques de custos são a principal variável explicativa para a dinâmica inflacionária.

 This paper investigates the dynamics of the Brazilian industrial inflation during 1999-2014. Based on the post-Keynesian theory on price formation and distributive conflict, the paper discusses the importance of sectoral differences for the analysis of Brazilian inflation in the 2000s. These differences are important since they can lead to heterogeneous reactions in the face of different inflationary pressures. Micro and macroeconomic approaches are considered in order to contribute to the diagnosis of Brazilian industrial inflation. An econometric exercise with panel data is conducted to estimate the effects of the impact of changes in costs, wages, demand and lagged prices on changes in final prices. We find that, considering sectoral heterogeneity, cost shocks are the main explanatory variable for the inflation dynamics.

 

 DOI 10.1590/0101-3157-2018-2863

   
Os estados, o sistema-mundo capitalista e o sistema interestatal: uma leitura crítica das contribuições de Imannuel Wallerstein
Marco Antonio Acco

 Os Estados nacionais constituem uma das agendas centrais do debate no mundo contemporâneo, uma agenda extensa que gerou importantes abordagens em disputa sobre o ritmo, direção e a profundidade das possíveis transformações dos Estados em curso nas últimas décadas. Este artigo tem por objetivo reconstruir e analisar criticamente os conceitos, atribuições, possibilidades e impasses vividos pelos Estados nacionais encontradas nas formulações de Immanuel Wallerstein. Com este propósito, faremos uma releitura atenta de sua obra, retendo os principais componentes de sua formulação sobre o Estado em suas interações com o sistema mundo capitalista e o sistema interestatal. Parte-se de uma síntese crítica das formulações de Wallerstein sobre sistemas históricos como a unidade de análise correta, as formas históricas desses sistemas,o duplo conceito de capitalismo, de sistema capitalista mundial, de Estado e de sistema interestatal enquanto categorias cruciais de sua abordagem. Tendo por base esses fundamentos,explora-se, então, a análise de Wallerstein sobre o papel dos Estados nacionais nos dias atuais, a crise do sistema mundo que vivemos, assim como, as possibilidades e impasses da atuação dos Estados neste contexto. As considerações finais abordam limites e oportunidades legadas por sua desafiadora formulação.

 National states are one of the central issues in the contemporaneous debate in the world, an extensive agenda that has generated important approaches in harsh dispute on the pace, direction, and depth of possible transformations of the state in the last decades. This article aims to reconstruct and critically analyze the concepts, attributions, possibilities, roles an impasse experienced by national states in the modern world system as found in the formulation of Immanuel Wallerstein. With this purpose, this article makes a journey through Wallerstein’s extensive work, retaining the main components of his formulation on the State in its interactions with the capitalist world system and the interstate system.It begins with a synthesis of Wallerstein’s formulations on historical systems as the correct unity of analysis, the historical forms of these systems, until the concepts of capitalist world system, State and interstate system as crucial categories. Based on these foundations, then, it explores Wallerstein’s analysis on national States today, the contemporaneous crisis of the world-system, as well as the possibilities and dilemmas for the action of national States in this context. The conclusions address limits and opportunities offered by Wallerstein’s challenging approach. When national solutions seem to fail around the world, a return to Wallerstein’s work and his perspective centered on the capitalist world system may reveal relevant findings.

 

 DOI 10.1590/0101-3157-2018-2653

   
A competitividade internacional: notas para uma abordagem não ortodoxa
Enéas Gonçalves de Carvalho, Sebastião Neto Ribeiro Guedes

 O objetivo deste pequeno artigo é contribuir para a abordagem não ortodoxa da Competitividade Internacional (C. I.). A perspectiva teórica adotada é a neo-schumpeteriana combinada com o enfoque das chamadas ‘capacidades dinâmicas’. Do ponto de vista metodológico, parece apropriado qualificar este trabalho como histórico-comparativo.

 The purpose of this short article is to contribute to the unorthodox approach of the International Competitiveness (I. C.). The theoretical perspective adopted is the neo- Schumpeterian combined with the so-called 'Dynamic Capabilities' approach. From a methodological viewpoint, it seems appropriate to describe this work as a comparative-historical one.

 

 DOI 10.1590/0101-3157-2018-2765

   
Capital social e pobreza no Brasil
Lilian Lopes Ribeiro e Jair Andrade de Araujo

 O artigo analisa o impacto do capital social na renda e na redução da pobreza no Brasil. Por meio da técnica dos componentes principais e tendo como base de dados a WorldValuesSurvey, construiu-se um índice de capital social considerando três categorias de indicadores: participação em organizações/associações; densidade do sócio e confiança nas pessoas. Concluiu-se que além do capital social contribuir positivamente com a renda, seu impacto é maior que os impactos causados, por exemplo, pelo o fato do indivíduo estar empregado, ser casado ou ser de cor branca. Além disso, quanto menor a escala de renda, maior o impacto do capital social na geração de renda e consequentemente na redução da pobreza.

 The article analyzes the impact of social capital on income and poverty reduction in Brazil. Through the main components technique and based on the World Values Survey, a social capital index was constructed considering three categories of indicators: participation in organizations / associations; Density of the partner and trust in people. It was concluded that in addition to social capital contributing positively with income, its impact is greater than the impacts caused, for example, by the fact that the individual is employed, married or white. In addition, the lower the income scale, the greater the impact of social capital on income generation and consequently on poverty reduction.

 

 DOI 10.1590/0101-3157-2018-2806

   
Global warming: preventing irreversibility
Jan-Erik Lane

 A Convenção das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas se reúne novamente em Bonn, no outono, para a COP23 com Fiji como anfitrião/ O foco deve estar no GOAL II no COP21: descarbonização com 30-40 por cento dos níveis de 2005 até 2030. Vários países agora cumprem a meta de suspender o aumento das emissões de CO2. E o resto deve ser solicitado e ajudado a fazê-lo. Mas o GOAL II é um desafio muito grande. Só pode ser realizado com investimentos maciços em parques de painéis solares.

 The United Nations Framework Convention on Climate Change meets again in Bonn for the COP23 in the fall with Fiji as host, the focus should be upon the GOAL II in the COP21 Treaty: decarbonisation with 30-40 per cent of 2005 levels until 2030. Several countries now meet the GOAL I of halting the rise in CO2 emissions. And the rest should be asked and helped to do so. But the GOAL II is a very big challenge. It can only be fulfilled with massive investments in solar panel parks.

 

 DOI 10.1590/0101-3157-2018-2860

   
Education and development projects in Brazil, 1932-2004: a critique
Thomas H. Kang

A 2ª Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (2ndLDB), promulgada em 1971, mudou a configuração dos níveis de ensino no Brasil. Essa mudança tornou difícil a construção de uma base de dados confiável para o século 20. Trabalhos anteriores sobre a história econômica da educação no Brasil utilizaram dados da dissertação de Maduro (2007). Wjuniski (2013) usou essa base de dados e realizou testes de quebra estrutural. Ele concluiu que o governo brasileiro investiu pouco na expansão do ensino secundário. Entretanto, Wjuniski não considerou alguns problemas como: (i) a confiabilidade dos dados e (ii) os efeitos da 2ªLDB nos dados de despesa em educação. Este artigo mostra que os dados de gasto educacional no Brasilnão nos permitem afirmar que houve uma queda nos gastos com o ensino secundário com a mudança da lei após 1971.

The Second National Education Regulatory Framework (2ndLDB), enacted in 1971, changed the grade configuration of schooling levels in Brazil. This is change made it challengingto construct a validand reliable education spending data profilefor 20th century Brazil. Previous work on the economic history of education in Brazil used the data provided according to the thesis of Maduro (2007). Wjuniski (2013) used that database and ran structural break tests and concluded that the Brazilian government underinvested in the expansion of secondary education. However, Wjuniski did not consider problems concerning: (i) data reliability and (ii) the effects of the 2ndLDB on education expenditure data. This paper shows that data on education spending in Brazil does not allow us to assert that there was an underinvestment in secondary education from 1971 onwards.

 

DOI 10.1590/0101-3157-2018-2891

   
Quem, afinal, apoiou o Plano Collor?
Alexandre F. S. Andrada

 No livro Economia Brasileira Contemporânea, Lavínia Barros de Castro afirma que o Plano Collor “recebeu críticas de todas as partes”, que o “bloqueio dos recursos foi considerado uma inadmissível intervenção estatal”, e que o congelamento de preços, o ajuste fiscal e o caráter recessivo do plano foram questionados. Aqui, mostramos que essas afirmações são equivocadas. Analisando artigos, colunas e entrevistas publicadas à época, tentamos demonstrar que o plano econômico teve, durante suas primeiras semanas de vigência, amplo apoio de empresários, políticos, economistas e até mesmo da população do país.

 In the book Economia BrasileiraContemporânea (Brazilian Contemporary Economy) Lavinia Barros de Castro states that the Collor Plan "received criticism from all sides", the "the monetary assets blocked was considered an unacceptable state intervention" and that the freezing of prices, the fiscal adjustment and the recessive character of the Plan were also questioned. We argue that these claims are misleading. Analyzing articles, columns and interviews published at that time, we argue that the economic plan received, during its first weeks, a wide support from businesspeople, politicians, economists and even the general population.

 

 DOI 10.1590/0101-3157-2018-2713

 
         
 
     
     
 
The Brazilian Journal of Political Economy counts with the support of the following corporations:
 
   
Copyright © 2018
Revista de Economia Política - ISSN 1809-4538
Rua Araripina, 106 - 05603-030 - São Paulo - Brazil